Menu

Image Map

19 janeiro 2015

BB #CLIENTE - Compreendê-los é fundamental

Em março de 2015 será realizado o concurso do Banco do Brasil para o cargo de Escriturário. O conteúdo programático saiu no último mês do ano passado e em um dos seus tópicos está Técnicas de Venda. Fiz minha grade de estudo e essa revisão é da categoria clientes.

Uma das coisa mais importantes para as empresas é aceitar que o mais poderoso dos negócios é o cliente!

O cliente pode viver sem o produto e/ou serviço que é ofertado pela empresa X. Por quê? Existem as empresas Y e Z que oferecem produtos e/ou serviços semelhantes.

Isso significa que se a empresa X tiver exclusividade, no momento, ela pode fazer o que quiser com os clientes? Não!
Pensa bem: é mais viável ela (empresa) reter os atuais, que já passaram por todo um processo de conquista, do que ter de repeti-lo e o mercado se movimenta com tanta rapidez que não demoraria muito para tal exclusividade deixar de existir. Dessa forma, a empresa estaria voltando ao ponto inicial, nunca obtendo uma evolução.




Para que haja retenção dos clientes, é fundamental que exista um estudo de satisfação intenso, sendo realizado periodicamente. No momento do estudo, tem de ter cautela para não incomodar o cliente, fazendo com que torne-se uma conquista forçada, inconveniente, deixando uma má impressão.

Caso haja uma queda na frequência dos clientes, os funcionários serão peças indispensáveis no momento de traçar um perfil para os clientes e a concorrência atual. É importante saber que os clientes desistem de algumas empresas porque os preços são desproporcionais aos benefícios, os benefícios são de pouca importância ou eles, simplesmente, não estão necessitando de tal benefício.

Sabemos que se um cliente ficar satisfeito, ele irá divulgar para conhecidos e esses farão o mesmo, fazendo virar uma bola de neve e a empresa, por fim, mesmo não sendo a mais poderosa, será a mais beneficiada.

Gostou? Quer tirar alguma dúvida ou fazer uma correção? Me conta aí nos comentários.

Até logo!


Postar um comentário